3 dias - O Litoral e a Região Saloia

Image

Dia 1 

Comece a sua estadia em Sintra com um pequeno-almoço saboreado com vista para o mar, e siga para o Cabo da Roca pela EN247, até à vila da Azóia. Ao chegar deixe-se impressionar com a bela imensidão do oceano Atlântico que se revela aos seus olhos, num dos locais mais emblemáticos de Portugal.

No Cabo da Roca “….onde a terra acaba e o mar começa …”, adquira no posto de turismo local, um certificado de presença no ponto mais ocidental do continente Europeu.

De seguida, regresse à EN247 em direção ao Convento dos Capuchos. Este convento franciscano construído em contacto direto com a natureza e de acordo com uma filosofia de extremo despojamento arquitetónico e decorativo é de reduzidas dimensões e notável pela simplicidade da sua construção.

Após a visita regresse pelo mesmo caminho até à EN247 e continue até à Praia da Adraga, em Almoçageme. Agreste, selvagem, de um azul intenso. Simplesmente bela! Delicie-se com o peixe fresco e marisco da costa num almoço prolongado num restaurante local.

Siga em direção às Azenhas do Mar e durante a tarde conheça a bela e emblemática aldeia e não perca a oportunidade de verdadeiro postal ilustrado, as Azenhas do Mar surpreendem pela sua situação geográfica, com as casas a descerem em cascata pelo declive da arriba até ao mar.

Beba um copo de Vinho de Colares e assista demoradamente ao pôr do sol.

Dia 2

Para começar o dia faça um percurso pedestre para descobrir as vinhas do histórico Vinho de Colares.  

Trata-se de um percurso circular, com cerca de 15km, que tem início na Adega Regional de Colares, passando pelo Pinhal da Nazaré, Vinhas do Vinho Ramisco, Fontanelas e Janas. Este percurso pedestre, entre outros, está assinalado no terreno e com painéis informativos e ficheiros de georreferenciação.

Se não se sentir aventureiro para realizar o percurso todo a pé, desloque-se com viatura pelas aldeias pitorescas, mas não perca a oportunidade descobrir as vinhas tradicionais plantadas em “chão de areia” que dão origem ao vinho DOC Colares.

Se tiver tempo, ao final da manhã ou ao início da tarde, complemente o passeio às vinhas com uma visita à Adega Regional de Colares. Fundada em 1931, atualmente reúne mais de 50% da produção da região e mais de 90% dos produtores. Aqui são produzidos vinhos da Denominação de Origem Controlada de Colares, Regionais Estremadura e Vinhos de Mesa, para apreciar em qualquer ocasião.

Marcando antecipadamente, poderá efetuar uma visita guiada com prova de vinho e ainda descobrir toda a história do Vinho de Colares (+info)

Durante a tarde siga até Odrinhas – a povoação mais a norte do concelho - e visite o Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas e as ruínas romanas adjacentes. A coleção tem mais de 400 peças de diversas tipologias: moedas, objetos cerâmicos, líticos, metálicos, osteológicos, entre outros.

 

Dia 3

Neste terceiro e último dia em Sintra deixe o carro estacionado. Aproveite para entrar a bordo do centenário Eléctrico de Sintra. Com partida da Praia das Maçãs, num percurso que se estende ao longo de quase 13km por entre plátanos, vinhas e pomares, chega a Sintra cerca de 45 minutos depois. De carruagens abertas ou fechadas, a viagem faz-se ao sabor de outros tempos levando-o até ao bairro da Estefânea, uma das entradas de Sintra. 

Chegado a Sintra, siga a pé em direção ao centro histórico, pela rua pedonal, passando pelo Jardim da Correnteza e pare no miradouro para admirar a magnífica paisagem de Sintra.

Continuando, irá encontrar, os Paços do Concelho, um edifício revivalista do séc. XX. Continue e siga agora pela Volta do Duche e admire a exposição de Arte Pública, composta por peças de diversos autores, que embeleza o caminho até ao centro histórico.

No caminho ou no centro histórico é boa hora de almoçar num dos restaurantes locais.

De seguida, não deixe de visitar o emblemático Palácio Nacional de Sintra, com as suas chaminés imponentes, que se erguem mesmo no centro da Vila. Antes de fazer o percurso de regresso percorra as ruas estreitas, becos e escadarias do pitoresco centro histórico.

Siga para a paragem da Estefânea para não perder o último eléctrico para a Praia das Maçãs.

Ainda no caminho e perto dos Paços do Concelho encontra uma das fábricas das tradicionais queijadas de Sintra. Aproveite e leve um pacote de queijadas para saborear no caminho até à paragem do eléctrico.

Bom regresso à Praia das Maçãs. No Verão ainda vai a tempo de ver o pôr do sol. Se for apreciador de vinho, aproveite e prove o famoso vinho de Colares.

Cabo da Roca

Convento dos Capuchos

Praia da Adraga

Adega Regional de Colares

Museu Arqueológico
de S. Miguel de Odrinhas

Jardim Correnteza

Queijadas de Sintra