Monumentos

Castelo dos Mouros

O Castelo dos Mouros é um ponto privilegiado para admirar a vista que se estende desde Sintra até ao mar.

Palácio Nacional de Sintra

O Palácio Nacional de Sintra, também conhecido como Palácio da Vila, foi um dos palácios utilizados pela Família Real Portuguesa praticamente até ao final da Monarquia, em 1910.

Palácio Nacional de Queluz

O Palácio Real de Queluz, também chamado de Palácio Nacional de Queluz, consiste num palácio do século XVIII. O imóvel foi construído como recanto de verão para D. Pedro de Bragança, tendo sido um dos últimos grandes edifícios em estilo rococó erguidos na Europa.

Palácio Nacional da Pena

O Palácio Nacional da Pena representa uma das melhores expressões do Romantismo do século XIX no mundo. Erguendo-se sobre uma rocha escarpada, é o segundo ponto mais alto da Serra de Sintra (acima do palácio só se encontra a Cruz Alta, a 528m de altitude).

Palácio e Quinta da Regaleira

O Palácio da Regaleira é o edifício principal e o nome mais comum da Quinta da Regaleira.

Palácio de Monserrate

O palácio foi projectado pelos arquitectos Thomas James Knowles (pai e filho) e construído em 1858, por ordem de Sir Francis Cook, visconde de Monserrate.

Convento dos Capuchos

O Convento dos Capuchos é um dos múltiplos exemplos da religiosidade pietista do século XVI em Portugal e ficou conhecido pelo extremo da sua pobreza de construção. 

Chalet e Jardins da Condessa d'Edla

Na segunda metade do século XIX, D. Fernando II e a sua segunda mulher, Elise Hensler, Condessa d’Edla, criaram na zona ocidental do Parque da Pena um Chalet e um Jardim de caráter privado e sensibilidade romântica, espaço de refúgio e recreio do casal.

Image