1 – À descoberta do Vinho de Colares numa viagem de Elétrico

Image

Elétrico | Adega Regional de Colares | Prova de Vinho | Almoço em Colares | Elétrico | Passeio a pé entre a Estefânia e o Centro Histórico | Prova de doces típicos | Palácio Nacional de Sintra

Duração – 1 dia
Utilização de viatura própria ou comboio para chegar a Sintra.

IMPORTANTE: contactar a Adega Regional de Colares com antecedência, para marcação da visita e prova de Vinho.

Ao chegar a Sintra, (sugerimos que estime chegar a Sintra cerca das 9h30), caso se desloque de carro, estacione no parque de estacionamento da Portela de Sintra, ou, em alternativa no parque de estacionamento da Cavaleira e tome o transfer gratuito, saiba mais AQUI.

Dirija-se ao bairro da Estefânia, à Vila Alda – Casa do Elétrico, local de partida do Elétrico de Sintra

Adquira o seu bilhete e entre a bordo do centenário Elétrico de Sintra - consulte o horário AQUI. Desfrute desta viagem única até à Adega Regional de Colares. Deverá sair na paragem “Banzão”. Serão cerca de 35 minutos por entre arvoredo e casas, nesta linha que já conta com mais de cem anos e que se prolonga até à Praia das Maçãs.

Chegou à Adega Cooperativa Regional de Colares, a adega cooperativa mais antiga do país. Tem agora a oportunidade de apreender um pouco sobre os métodos de produção do Vinho de Colares e visitar o edifício da adega, também utilizado para eventos. A prova deste vinho de características únicas ficará certamente na sua memória.

Tendo elétrico para regressar a Sintra, às 15:10h na mesma paragem – Banzão – sugerimos um passeio a pé por Colares e um almoço num dos restaurantes locais.

De regresso a Sintra, serão agora quase 16h00. Passeie por Sintra! Atravesse o bairro da Estefânia em direção ao Centro Histórico, passando pelo Jardim da Correnteza e pare no miradouro para admirar a magnífica paisagem. 

Continuando, irá encontrar, os Paços do Concelho, um edifício revivalista do séc. XX. Continue e siga agora pela Volta do Duche e admire a exposição de Arte Pública, composta por peças de diversos autores, que embeleza o caminho até ao centro histórico.

Chegando à “Vila Velha” termo que os locais atribuem à parte mais antiga do Centro Histórico, entre numa das pastelarias e delicie-se com os tradicionais doces: travesseiros e queijadas. 

Se ainda tiver tempo, não deixe de visitar o emblemático Palácio Nacional de Sintra, com as suas chaminés imponentes, que se erguem mesmo no centro da Vila. 

Antes de fazer o percurso de regresso percorra as ruas estreitas, becos e escadarias do pitoresco Centro Histórico.

Certos de ter ficado a conhecer um pouco melhor a região vitivinícola demarcada de Colares, aguardamos o seu regresso para usufruir de outras experiências.