Sintra presente no projeto "Felicitas Iulia Olisipo"

Sintra presente no projeto "Felicitas Iulia Olisipo"

O concelho de Sintra integra o projeto Lisboa Romana | "Felicitas Iulia Olisipo", sobre a presença romana na Área Metropolitana de Lisboa e que dá a conhecer os vários sítios de influência romana.

O projeto Lisboa Romana | "Felicitas Iulia Olisipo", nome atribuído pelo povo romano à zona que hoje representa a Área Metropolitana de Lisboa, visa a promoção, a valorização e a divulgação do património arqueológico, com particular enfoque na época romana, mas abrangendo uma vasta cronologia que se estende da Idade do Ferro à Antiguidade Tardia.

Neste momento, encontram-se a decorrer várias escavações arqueológicas, algumas delas em Sintra, que permitem ampliar o conhecimento sobre o funcionamento e a vida na antiga "Felicitas Iulia Olisipo".

Para Basílio Horta, presidente da Câmara Municipal de Sintra, “o nosso concelho é um lugar com uma imensa riqueza arqueológica, testemunho de como a nossa cultura é a fusão de diferentes origens e crenças dos povos e das comunidades. A tolerância para com o outro começa aqui, pela noção de memória coletiva, da prova de que a mistura dos nossos saberes e da nossa história une-nos mais do que nos afasta”.

Este projeto conta com a colaboração da Câmara Municipal de Sintra e envolve 20 outros municípios e outras entidades públicas e privadas, contando com o trabalho de 96 investigadores de 5 universidades.

No concelho de Sintra estão identificados 20 monumentos e sítios arqueológicos que constam da Lisboa Romana | "Felicitas Iulia Olisipo", como o Santuário Romano do Alto da Vigia ou Fontanário Romano de Armês.

São também referências de recolha de vestígios da época romana a Villa Romana de Santo André de Almoçageme; a Villa Velha de Sintra, Necrópole e Via; e Santa Eufémia da Serra e a sua Ermida, entre outras, que pode descobrir AQUI.

Para potenciar esse conhecimento do ponto de vista científico e turístico, foi criada uma plataforma online que permite aos utilizadores viajar no tempo e aceder a um mapa interativo com os percursos pelas regiões onde se desenvolve o projeto.