Reabertura do Jardim do Príncipe e Pátio dos Tanquinhos

Reabertura do Jardim do Príncipe e Pátio dos Tanquinhos

O Jardim do Príncipe e o Pátio dos Tanquinhos voltam a integrar o circuito de visita do Palácio Nacional de Sintra.

Os espaços estiveram encerrados ao público para que se procedesse à recuperação do pavimento do Jardim do Príncipe, onde também foram efetuadas sondagens arqueológicas, com vista à investigação do complexo sistema tradicional de águas do Palácio.

De acordo com a documentação existente, é possível que estes locais constituam algumas das áreas mais antigas do Palácio, estando já representados no desenho de Duarte d’Armas, que data do início do século XVI. A toponímia islâmica de Jardim de “Lindaraya” (Jardim do Príncipe), “Laranjal do Sol” (Pátio dos Tanquinhos) e “Terreiro de Meca” reforça essa possibilidade.

A Parques de Sintra prossegue os trabalhos, que incidem na recuperação das ligações entre os diferentes patamares que constituem os jardins, através da repavimentação destes espaços, da reabilitação de escadas e degraus de acesso e da colocação de mobiliário exterior.

São medidas que pretendem reforçar os níveis de conforto e de interesse para os visitantes, promovendo, não só, a circulação pelos vários espaços, mas também a melhoria da informação disponibilizada.

Decorrem, igualmente, ações de conservação e de restauro nos tanques e em alguns elementos decorativos. Estas intervenções dão continuidade à estratégia de restauro e valorização que tem sido levada a cabo pela empresa no Palácio Nacional de Sintra, nos últimos anos, uma vez que os jardins e pátios são elementos fundamentais para a leitura integrada deste monumento nacional.