Notícias

Leffest traz mais debates e cinema a Sintra

Leffest traz mais debates e cinema a Sintra

“Le bleu du caftan”, “Beyond the Wall”, “The Horse”, “To sleep with anger”, “Penitentiary” e “Grey Area” são os filmes inseridos no Lisbon & Sintra Film Festival, na agenda de dia 17 de novembro.  Este dia é marcado ainda com a conversa “Da prisão à liberdade: leitura de cartas escritas em prisões”, tudo no Centro Cultural Olga Cadaval.

A “Le bleu du caftan”, um filme de Maryam Touzani, de 2022, faz parte da “Seleção oficial - em competição”, com exibição pelas 11h00. O filme retrata a vida de Halim e Mina proprietários de uma loja de caftãs, que unidos por um grande amor ajudam-se mutuamente a enfrentar os medos comuns.   

A segunda transmissão do dia será pelas 14h00 com “Beyond the Wall”, um filme de Vahid Jalilvand, produzido em 2022, que também integra a “Seleção oficial - em competição” e conta a história de Ali, um homem cego, que tenta cometer suicídio mas é interrompido pelo porteiro do seu prédio.

Integrados nas Homenagens e Retrospetivas “L.A. Rebellion”, serão exibidos os filmes “The Horse”“To sleep with anger”, ambos de Charles Burnet, às 19h00. As sessões contam com a presença do realizador.

The Horse é uma aclamada curta metragem de Charles Burnet, produzida em 1973, num ambiente de suspense em que a endurecida e desumanizada perspetiva adulta de quatro jovens brancos contrasta com a afetuosa empatia de um jovem negro perante os últimos dias de um cavalo negro.

“To sleep with anger”, de 1990, fala sobre a mobilidade social dentro da comunidade afro americana e a alienação das suas raízes histórico-culturais. 

Ainda na Categoria Homenagens e retrospetivas “L.A. Rebellion” a programação termina com a exibição, pelas 22h00, dos filmes “Penitentiary”, de Jamaa Fanaka e “Grey Area”, de Monona Wali.

O filme “Penitentiary” foi produzido em 1979 e expõe a prisão como um microcosmo das vidas negras nos Estados Unidos, na sua mediação de forças entre o poder externamente imposto e a dureza autoinfligida no seio da comunidade negra. 

Por sua vez “Grey Area”, de 1981, faz referência aos espaços de compromisso necessários numa sociedade branca. Registando os movimentos e contribuições sociopolíticas na comunidade negra de Los Angeles e nos Estados Unidos.

Para este dia está também agendado o debate “Da prisão à liberdade: leitura de cartas escritas em prisões”, pelas 17h00.

Este é um evento único e intimista onde participam convidados surpresa para ler cartas escritas durante a prisão de individualidades intelectuais, militantes ou escritores como Nelson Mandela, Jean-Genet, Georges Jackson, Camilo Castelo Branco, Albertine Sarrazin, entre outras.

O Lisbon & Sintra Film Festival, no Centro Cultural Olga Cadaval até 20 de novembro, com o apoio da Câmara Municipal de Sintra. 

Conheça AQUI a programação.

 

 

 

 

Image
© 2023 Câmara Municipal de Sintra
Centro Cultural Olga Cadaval
Praça Dr. Francisco Sá Carneiro
2710-720 SINTRA
Image
Image