Notícias

Autarquia de Sintra organiza colóquio sobre “O Património do Romance”

Autarquia de Sintra organiza colóquio sobre “O Património do Romance”

O Património do Romance é o mote para o colóquio organizado pela Câmara Municipal de Sintra, que acontecerá no dia 23 de abril, das 10h00 às 18h00, no MFC -Museu Ferreira de Castro.

Nesta iniciativa, em pleno coração da Vila de Sintra, será abordada e debatida a importância do romance para o património histórico e cultural português, pelos oradores Carlos Jorge F. Jorge, Gabriel Rui Silva, Liberto Cruz, Manuel Matos Nunes, Miguel Real e Vítor Viçoso.

Enquanto género literário, o romance tem sido o instrumento por excelência de representação artística do tempo em que se escreveu. Não apenas da exploração dos cantos mais recônditos da condição humana, em que as grandes obras se tornam intemporais por representarem o homem e a mulher de sempre, mas também na fixação permanente de tudo o que de exterior existe e onde esse mesmo humano se move: a paisagem, os aglomerados populacionais, a vida social, política, cultural e mental.

Neste sentido, o romance constitui-se como um inestimável repositório de conhecimento acerca do tempo e do espaço, extrapolando as fronteiras da arte e da fruição estética, para tornar-se igualmente testemunho patrimonial da época em que foi vivido, pensado e escrito.

Durante a manhã, Carlos Jorge F. Jorge, Gabriel Rui Silva e Liberto Cruz, irão desenvolver os seguintes temas, respetivamente: “As máscaras do Viajante” (Ferreira de Castro), “A Pedra e a Pena: A Catedral de Manuel Ribeiro” e “História e ficção em Kaos, de Ruben A.”, seguido de debate.

“A Lisboa que se vê das janelas d’A Velha Casa”, “Saramago, vida e obra” e “As narrativas do fim em Raul Brandão, Carlos de Oliveira e José Cardoso Pires” são os temas a serem mencionados, e posteriormente debatidos, por Manuel Matos Nunes, Miguel Real e Vítor Viçoso, no período da tarde.

A participação nesta iniciativa é gratuita, mediante a inscrição prévia para o número de telefone 219 238 828 ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

Conheça os Museus Municipais de Sintra.

 

Os oradores:

Carlos Jorge F. Jorge (Lisboa, 1944). Professor emérito da Universidade de Évora, onde ensinou Literatura Comparada e Teoria da Literatura. Autor de uma dezena de obras, entre “Figuras do Tempo e do Espaço: para uma Leitura Literária dos Textos de Viagens (2001) e “Moradas, Aparições e Intrigas: Gótico, entre o Terror e o Melodrama” (2017). Mantém inúmeras publicações no site ACADEMIA.EDU

 

Gabriel Rui Silva (Almada, 1956). Doutor em Literatura Portuguesa, leitor e docente em França e Itália, foi Investigador Integrado no Centro de Estudos em Letras (Universidade de Évora). Dentre os seus estudos, destaque para “Manuel Ribeiro, o Romance da Fé(2011) e “Eduardo Metzner: Vida e Obra de um Sem-Abrigo” (2014).

 

Liberto Cruz (Sintra,1935). Poeta, ensaísta, biógrafo, tradutor, conferencista. Foi docente das Universidades de Rennes, Nantes e Vincennes (França), e Conselheiro Cultural da Embaixada de Portugal em Paris. Além das biografias de Júlio Dinis e de Ruben A. (esta em parceria com Madalena Carretero Cruz) tem-se interessado por autores como António José da Silva, José Cardoso Pires, Blaise Cendrars e Marquês de Sade.

 

Manuel Matos Nunes. Licenciado em Economia e em Línguas e Literaturas Modernas, é doutor em Estudos Portugueses com a tese “José Régio, o eu superlativo – o ciclo romanesco A Velha Casa e outros escritos autobiográficos(2013). Investigador do Centro de Estudos Regianos de Vila do Conde, é também autor de estudos sobre Ferreira de Castro e Mário Dionísio, entre outros.

 

Miguel Real. Miguel Real, professor do ensino secundário e investigador do CLEPUL - Centro de Literaturas e Culturas Europeias e Lusófonas da Universidade de Lisboa, é também romancista. Entre Narração, Maravilhoso, Trágico e Sagrado em “Memorial do Convento” de José Saramago (1998) e “Fátima e a Cultura Portuguesa” (2018), é autor de mais de duas dezenas de ensaios de âmbito histórico, filosófico, literário e sociocultural. 

 

Vítor Viçoso. Vítor Manuel Pena Viçoso é professor aposentado da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde se doutorou em Literatura Portuguesa (1989). É autor de ensaios sobre Raul Brandão, Alves Redol, Carlos de Oliveira e José Saramago, entre outros. De destacar os livros “A Máscara e o Sonho – Vozes, Imagens e Símbolos na Ficção de Raul Brandão” (1999) e “A Narrativa Neo-Realista – As Vozes Sociais e os Universos da Ficção” (2011).

 

Morada:

Museu Ferreira de Castro

Rua Consiglieri Pedroso, 34

Vila Velha S. Martinho
2710 - 550 Sintra

 

Image
© 2022 Câmara Municipal de Sintra
Centro Cultural Olga Cadaval
Praça Dr. Francisco Sá Carneiro
2710-720 SINTRA
Image
Image