Notícias

Acesso interdito ao perímetro florestal da Serra de Sintra até 23 de agosto

Acesso interdito ao perímetro florestal da Serra de Sintra até 23 de agosto

[conteúdo em atualização]

Em consequência das condições meteorológicas adversas e risco de incêndio florestal muito elevado, o perímetro florestal da Serra de Sintra estará encerrado entre as 00h00 de 20 de agosto (sábado) e as 23h59 de 23 de agosto (terça-feira).

Neste sentido e por forma a garantir a salvaguarda do património natural e cultural e a segurança de pessoas e bens, o perímetro florestal da Serra de Sintra estará encerrado a partir das 00h00 de 20 de agosto, até às 23h59 de terça-feira, 23 de agosto. Também os monumentos localizados em zonas florestais permanecerão encerrados.

No perímetro florestal da Serra de Sintra vigora, até às 23h59 do dia 23 de agosto, a proibição do acesso, circulação e permanência no interior dos espaços florestais (pessoas e veículos), bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais e outras vias que os atravessem. Excetuam-se desta proibição os veículos de moradores e de empresas aí sediadas, veículos de socorro, veículos de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

Adicionalmente, a autarquia de Sintra informa que não é permitida a realização de trabalhos em espaço rural e na envolvente de áreas edificadas com recurso a motorroçadoras, corta-matos e destroçadores, todos os equipamentos com escape sem dispositivo tapa-chamas, equipamentos de corte, como motosserras ou rebarbadoras, ou a operação de métodos mecânicos que, na sua ação com os elementos minerais ou artificiais, gerem faíscas ou calor.

Os monumentos de Sintra situados na área interdita permanecerão também encerrados enquanto vigorar a atual Situação de Alerta, são eles o Parque e Palácio Nacional da Pena, Castelo dos Mouros, Santuário da Peninha, Convento dos Capuchos, Chalet da Condessa D'Edla, Parque e Palácio de Monserrate, Quinta da Regaleira.

Estarão também encerrados os seguintes espaços: Quinta da Ribafria, Parque da Liberdade, Matinha de Queluz, Parque Florestal da Piedade da Serra e Parque Florestal da Serra da Carregueira.

O Palácio Nacional da Vila de Sintra e o Palácio Nacional de Queluz permanecem abertos durante este período, sem qualquer alteração ao seu funcionamento habitual.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

A situação de interdição será analisada de 12 em 12 horas.

Image
© 2022 Câmara Municipal de Sintra
Centro Cultural Olga Cadaval
Praça Dr. Francisco Sá Carneiro
2710-720 SINTRA
Image
Image